sábado, 14 de maio de 2016

O nosso Sistema Solar tem um novo planeta anão


O telescópio Kepler já havia avistado sinais do planeta em 2014. Deteção foi dificultada devido à cor do planeta.

A NASA confirmou a existência de um novo planeta anão no nosso Sistema Solar de nome 2007 OR10, apenas um pouco mais pequeno que Plutão mas suficientemente importante para ser considerada uma descoberta de peso.

De acordo com o Astronomical Journal, o 2007 OR10 foi descoberto pelo Telescópio Kepler no seguimento dos 1.284 novos exoplanetas, sendo que na verdade se tratou mais de uma confirmação da existência do que uma descoberta inteiramente nova. Em 2014 a NASA já havia vislumbrado este planeta, tendo sido incapaz de apurar mais detalhes devido à sua longa órbitra elíptica.

Longo é também o período de rotação deste planeta anão, com duração de 45 horas, que o torna um dos ciclos mais longos do Sistema Solar. Foi ainda apurado que o 2007 OR10, com um diâmetro de 1.536,92 quilómetros, tem uma tonalidade vermelho escuro resultado da superfície composta por metano gelado, algo que terá dificultado a sua confirmação.