quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Plantação de batatas de 3.800 anos é descoberta no Canadá



Batatas antigas recentemente desenterradas na costa do Pacífico do Canadá podem estar enegrecidas e não comestíveis, mas são a primeira prova de que nativos americanos cuidavam de hortas há pelo menos 3.800 anos, de acordo com um estudo publicado na semana passada. 

As batatas escavadas nas terras ancestrais da tribo Katzie, na Colúmbia Britânica, são “a primeira evidência” de jardinagem por caçadores-coletores locais da época, de acordo com um estudo publicado na edição de dezembro da revista científica Science Advances. 

Arqueólogos da Universidade de Simon Fraser liderados por Tanja Hoffmann concluíram que os habitantes da região Noroeste Pacífico projetaram a zona úmida para amplificar a produção da planta.
Eles instalaram um pavimento rochoso que “formou uma delimitação para o cultivo” das batatas, que foram encontradas em posição de crescimento. 

A escavação arqueológica recuperou 3.768 tubérculos. Também foram descobertos no local cerca de 150 fragmentos de ferramentas de madeira, que se acredita que eram pontas de “varas de cavar”.
Tipicamente colhida de outubro a fevereiro, a batata wapato era uma importante fonte de amido durante os meses do inverno. 

“Os restos tinham a cor entre marrom escuro e preto, e apesar de que em muitas delas somente a casca exterior ou a pele sobreviveram, algumas também tinham o material amiláceo dentro,” disse o estudo.

fonte: Isto É