sexta-feira, 18 de novembro de 2016

"Baby Boom". Será este o herdeiro do Concorde?


A Boom diz que o seu avião será mais rápido do que o Concorde

Chama-se XB-1 Supersonic Demonstrator, mas já tem uma alcunha: "Baby Boom". O protótipo do avião supersónico foi ontem apresentado pela Boom Technology em Denver, nos EUA. E a empresa diz que este avião será capaz de ligar Nova Iorque a Londres em três horas e meia.

O protótipo XB-1 é mais pequeno do que a versão final que a startup apoiada pela Virgin Galactic quer ter disponível em 2020. Por enquanto, só tem lugar para um piloto, mas o objetivo é que consiga transportar 44 passageiros, a cerca de cinco mil euros por bilhete.

Na apresentação, Blake Scholl, presidente e fundador da Boom, disse que 60 anos depois de entrarmos na era supersónica é incrível como ainda voamos a velocidades dos anos 60 do século passado. A Boom diz que o seu avião será capaz de voar a uma velocidade Mach 2.2, 10% mais rápido do que o Concorde.





A Virgin Galactic, do milionário Richard Branson, está a apoiar a empresa nas fases de investigação e desenvolvimento e em troca tem a opção de compra dos primeiros 10 aviões. Os primeiros testes estão planeados para o próximo ano.

Desde que o Concorde deixou de voar, em 2003, que não há um avião comercial supersónico. Mas a Boom não é a única empresa que está a tentar este feito: o Club Concorde, um grupo composto por antigos comandantes, pilotos e fãs da aviação, quer financiar a compra e o regresso do Concorde, e a Airbus registou no ano passado a patente de um aparelho supersónico.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...