sexta-feira, 22 de abril de 2016

Não foi um asteróide que acabou com os dinossauros


Os dinossauros já estavam em declínio quando o grande asteróide caiu no México. Beneficiaram os mamíferos.

Cerca de 40 milhões de anos antes da queda do asteróide Chicxulub, no México, já os dinossauros estavam em extinção.

As conclusões de um novo estudo contrariam, assim, a tese maioritária que explica o fim dos dinossauros pelos impactos da queda de um asteróide gigante há 66 milhões de anos.

O que diz a equipa de Chris Venditti é que estes animais foram vítimas de um declínio gradual.

À medida que os dinossauros iam morrendo não era feita a devida reposição, dizem.

O estudo também revelou um aumento no nível do mar durante este período, reforçando a hipótese de que isso poderia provocar uma fragmentação do habitat, deixando alguns animais isolados e reduzindo a capacidade de reprodução.

O declínio destes grandes repteis terá tido consequências entre os mamíferos, que acabaram por substituir os dinossauros como os animais dominantes na Terra.

fonte: TSF

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...