quarta-feira, 2 de março de 2016

Som misterioso tira o sono a 20 mil pessoas


Um som agudo e metálico tem perturbado, desde a semana passada, a tranquilidade dos habitantes de Forest Grove, um subúrbio no estado de Oregon, EUA.

Os cerca de 20 mil habitantes de Forest Grove, subúrbio situado a 40 quilómetros da cidade de Portland, não têm tido descanso desde que um ruído "irritante" surgiu na localidade. Normalmente, o som surge à noite, mas não tem uma duração regular.

Inicialmente, a polícia atribuiu o som aos freios (travões) dos comboios, "mas não há linhas ferroviárias por perto", explicou o chefe da Proteção Civil de Forest Grove, Dave Nemeyer, à cadeia de televisão ABC. "É sem dúvida um ruído insuportável", continuou.

A polícia e os bombeiros têm unido esforços para descobrir a origem do som perturbador e até já cortaram o fornecimento de luz, o sistema de alarmes e a rede de gás, mas ainda não conseguiram identificar a causa do ruído.

Ainda assim a população não parou de dar sugestões, na tentativa de restaurar o sossego. "Recebemos muitas chamadas com todo o tipo de sugestões sobre o que podia ser: um ventilador, algo num sótão, um compressor...", explicou um responsável dos bombeiros da localidade, Sharon Cox.

O ruído, que já afetou o comportamento dos animais de estimação, é a mistura de um alarme de incêndio com o som suave de uma flauta.


O capitão da Polícia de Forest Grove, Mike Herbs, garantiu que "há uma ordem de captura para a pessoa que está a criar este ruído com o propósito de incomodar os vizinhos", caso se confirme que o som está realmente a ser manipulado.

Enquanto não se descobre a origem do ruído, o som vai-se tornando um mito, com alguns dos habitantes a afirmarem que este tipo de ruído já se tinha ouvido décadas atrás. Outros brincam com a possibilidade de ser um fenómeno extraterrestre.