segunda-feira, 14 de março de 2016

Europa a caminho de Marte com dedo português


A Agência Espacial Europeia põe-se esta segunda-feira a caminho de Marte. A missão ExoMars tenta recuperar tempo perdido para os norte-americanos, que há décadas têm sondas no planeta vermelho.

A ExoMars cumpre os dois objetivos: coloca uma sonda orbital em Marte, e larga na superfície do planeta um módulo de exploração. A missão será mais tarde completada com um veículo teleguiado, um Rover, que só chega a Marte em 2018.

A missão vai medir sinais de potencial vida no planeta e preparar missões futuras de exploração europeia em Marte.

Em muitas etapas, há tecnologia desenvolvida em Portugal. Por exemplo, a sonda que agora é lançada ou o Rover que chegará em 2018. A Critical Software, que há muito colabora com as agências espaciais europeia e norte-americana, está esta segunda-feira particularmente atenta ao lançamento.

Gonçalo Quadros, o presidente executivo da empresa, não esconde o nervosismo.A jornalista Ana Maria Ramos conversou com Gonçalo Quadros

A Critical Software convidou alunos das escolas secundárias da região de Coimbra para acompanhar o lançamento da sonda ExoMars, que acontece no Cazaquistão, a partir das 9:31 (hora portuguesa). Pode ser acompanhada em direto aqui.


Também na rede social Twitter vai ser possível seguir tudo o que se passa na conta da missão ou numa outra, a ExoMars orbiter, que só será ativada depois de a sonda chegar ao destino.

A sonda vai ser transportada para o espaço num foguetão russo Proton. A missão é conjunta da Agência Espacial Europeia e da Agência Espacial Russa. Só logo à noite se saberá se todos os aparelhos estão funcionais. A chegada a Marte está prevista para outubro deste ano.

fonte: TSF