segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Cientistas descobrem que monstro marinho descrito numa lenda existe mesmo


Chamavam-lhe enguia leopardo e era um monstro presente em algumas histórias contadas na Florida e no Alabama. Só que esta espécie existe mesmo e esconde-se nos pântanos e lagos daquela região do sul dos Estados Unidos

Afinal é mesmo real. Na Florida e no Alabama, Estados Unidos, havia uma lenda com mais de um século sobre um animal marinho longo como uma cobra, com duas patas traseiras, manchas como as de um leopardo e um adorno na cabeça parecido com os ramos de uma árvore de Natal.

Contavam que este pequeno monstro, com cerca de 60 centímetros, a quem chamavam de "enguia leopardo" escondia-se nos lagos e pântanos daquela região. Mas agora um grupo de cientistas descobriu que esta espécie desconhecida existe mesmo... pelo que os relatos até eram verdadeiros.

A salamandra aquática agora encontrada e estudada corresponde à descrição apresentada na lenda. Foi batizada com o nome de sirene reticulada por causa das manchas e foi alvo de um cuidado estudo por parte de investigadores da Universidade Sul Ross State, em Alpine (Texas) e do Georgia Sea Turtle Center, em Jekyll (Georgia).

A primeira salamandra foi capturada em 1970 e foi classificada na altura como uma espécie desconhecida. Depois disso poucos exemplares voltaram a ser vistos e, como tal, não houve qualquer trabalho de investigação.

O biólogo David Steen, do Georgia Sea Turtle Center, começou já este século a estudar esta espécie, mas só em 2009 conseguiu recolher a primeira salamandra, tendo cinco anos depois encontrado outras três.

"É surreal vê-las, depois de tantos anos a ouvirmos falar destas criaturas - era uma espécie de animal mítico e místico. É tão diferente das outras criaturas com quem partilhamos o planeta", disse Steen à publicação online The Revelator, explicando as dificuldades sentidas pelos investigadores em descobrir mais sobre esta espécie: "É um animal que vive em pântanos e terrenos lamacentos, lugares pouco frequentados por pessoas."

Ao contrário do monstro do Lago Ness, na Escócia, ou do Big Foot, nos Estados Unidos e Canadá, esta é uma lenda que acaba agora por cair por terra, afinal o animal a que chamavam "enguia leopardo" existe mesmo e é uma espécie sobre a qual ainda há muito por descobrir.


Sem comentários:

Publicar um comentário