domingo, 18 de fevereiro de 2018

Mulher pensava estar grávida do marido fantasma




Amanda diz que se casou com um pirata que morreu há mais de 300 anos.

A expressão "o amor é cego" nunca se aplicou tão bem a uma situação. Amanda Teague afirma estar legalmente casada com Jack, o marido invisível, após uma cerimónia, realizada em águas internacionais. O casamento foi oficializado na presença de um escrivão e um medium. A mulher chegou a pensar estar grávida. Amanda acredita partilhar a sua casa em Dublim, Irlanda, com o marido. 

A relação começou quando Amanda sentiu uma "estranha energia" em seu redor e decidiu comunicar com o espírito. 

No programa britânico, Loose Women, a irlandesa contou que a primeira coisa que Jack lhe disse foi que estava morto, mas após meses de convívio, a mulher começou a confiar no espírito e apaixonou-se. Amanda sublinhou que nunca viu o marido em forma de aparição, mas Jack apresenta-se através de energias. 

O casal vai a encontros e a mulher compra sempre uma bebida que coloca em frente a um lugar vazio onde acredita que Jack está sentado. Para surpresa do entrevistador, Amanda contou que uma das suas amigas namora com o melhor amigo de Jack- também ele um fantasma. 

Quando foi questionada quanto à vida sexual, Amanda não hesitou em responder, "Química é energia. Não é muito diferente do que com uma pessoa real. Para mim, a química está lá". A mulher chegou a ir a uma consulta de ginecologia por pensar estar grávida após ausência de menstruação. O resultado foi negativo. A ausência devia-se ao inicio da menopausa. 

A entrevista encheu as redes sociais de comentários de telespectadores que não conseguiam crer história surreal do casal.