sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Marido de Natalie Wood torna-se suspeito da morte da mulher


Robert Wagner


Natalie Wood

Quase 40 anos após a tragédia, a morte controversa de Natalie Wood continua a dar que falar. Robert Wagner, o marido da atriz norte-americana, é agora considerado pela polícia como "uma pessoa de interesse" para a investigação.

Em novembro de 1981, Natalie Wood foi encontrada afogada na ilha de Santa Catalina, na Califórnia. A atriz norte-americana estaria a bordo do seu iate, Splendor, quando a tragédia aconteceu. Numa primeira investigação, a polícia considerou que se tratava de um acidente, dado que havia a possibilidade de Natalie, que não sabia nadar, se ter desequilibrado e caído à água.

O caso, anteriormente arquivado, voltou a ser reaberto em 2011, na sequência das declarações feitas pelo capitão do barco. Dennis Davern, que acompanhava o casal, afirmou ter mentido à polícia inicialmente, alegando ter presenciado uma violenta discussão entre os dois. Importa referir que o ator Christopher Walken também se encontrava no local.

Em 2013, foram divulgadas novas informações relevantes acerca do caso. Uma nova autópsia revelou que a existência de hematomas espalhados pelo corpo de Natalie podia vir a excluir a hipótese de um acidente.

Na altura em que foi dada continuidade à investigação, a certidão de óbito foi atualizada. A causa de morte, que era descrita inicialmente como "afogamento" passou a "afogamento e outros fatores indeterminados".

Agora, quase 40 anos após a misteriosa morte da atriz, os inspetores da polícia de Los Angeles acreditam que Robert Wagner, de 87 anos, pode estar envolvido na tragédia. Em entrevista ao programa norte-americano "48 Horas", transmitido pelo canal CBS, afirmaram que o marido de Natalie "é uma pessoa de interesse". "Sabemos agora que ele foi a última pessoa a estar com Natalie antes de ela desaparecer", revelou o juiz John Corina.

Na mesma entrevista, o detetive Ralph Hernandez esclareceu que, apesar de não se ter conseguido provar o homicídio, o mesmo acontece no que diz respeito ao acidente. "O problema é que não conseguimos perceber como é que ela foi parar à água".

Natalie Wood, que morreu aos 43 anos, foi casada com Robert Wagner desde 1972 até à data do seu afogamento, a 29 de novembro de 1981. Ao longo da sua carreira de sucesso enquanto atriz, foi nomeada pela academia várias vezes graças a filmes como "Amar Um Desconhecido" (1963) e Esplendor na Relva (1961), conquistando ainda alguns prémios.