sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Danificou Património da Humanidade para escapar a portagens


Um camionista foi multado, no Peru, depois de, no último sábado, ter saído da autoestrada e circulado por cima de uma parte das "Linhas de Nazca", um monumento classificado Património da Humanidade da UNESCO. 


Apesar de garantir que teve um furo e saiu da estrada para trocar um pneu, os meios de comunicação locais afirmam que o condutor tentou encontrar um atalho que lhe permitisse não pagar portagem. O feito valeu-lhe uma "multa pesada" e deixou o monumento danificado numa área com 50 por 100 metros. 



As "Linhas de Nazca" são constituídas por cerca de 370 desenhos gigantes, percetíveis apenas do ar, com representações de plantas e animais, numa área de 450 quilómetros quadrados. A origem do desenho é ainda disputada por especialistas.