sábado, 15 de outubro de 2016

Uma Super Lua decorará o céu da noite deste domingo, 16 de outubro


Os astrónomos dizem que a Super Lua não representa uma ameaça para os habitantes da Terra e só pode causar marés um pouco mais elevadas, além de dar-nos um céu espectacular.

Este domingo o satélite do nosso planeta passará por um dos pontos mais próximos da órbita da Terra, informa o site da National Geographic .

Segundo o relatório, neste dia a distância entre os centros da Terra e da Lua será 356,509 quilómetros. Os astrónomos dizem que a Super Lua não representa uma ameaça para os habitantes da Terra e o seu único efeito é que as marés vão ser um pouco maiores, para além de oferecer um céu espectacular.

O termo "Super Lua" não está incluído no dicionário astrofísico; foi atribuído pelo astrólogo americano Richard Nolly, que o usou pela primeira vez em 1979. De acordo com Nolly, nosso satélite entra em fase de Super Lua seis vezes por ano, atingindo a média de 361,524 quilómetros da Terra.

Este ano podemos contemplar este fenómeno incrível a 16 de Outubro (quando a maior aproximação será às 04:23 TMG ), a 14 de novembro (maior aproximação às 13:52 TMG ) e 14 de dezembro ( 00:05 ).

fonte: RT