quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Esta aranha consegue transportar um rato preso nas mandíbulas


O vídeo de um australiano que mostra uma aranha "caçadora" a arrastar um rato está a despertar a atenção dos especialistas em aracnídeos.

Jason Womal, de Coppabella, Queensland, Austrália, filmou uma aranha, conhecida como "huntsman" (caçadora), a arrastar um rato em casa de um vizinho. Nas imagens, é possível ver o aracnídeo a tentar levar o roedor preso nas mandíbulas, para cima de um frigorífico, mas com dificuldades devido ao peso da presa.

O vídeo que Jason Womal publicou no Facebook, no dia 22 de outubro, tem vinte segundos, mas conta com mais de 10 milhões de visualizações.

Mais tarde, Womal anunciou, também no Facebook, que a aranha estava bem e que tinha sido adotada.

Graham Millage, responsável pela coleção de aracnídeos do Museu da Austrália, explicou, ao "The Guardian", que são raros os casos de aranhas que capturam animais vertebrados e admitiu que foi a primeira vez que viu uma "huntsman" a caçar um rato, mas que já as presenciou a apanhar lagartixas.

O especialista explica que a "huntsman" pode crescer ao ponto de cada pata atingir 16 centímetros.

Já Helen Smith, diretora técnica e investigadora do mesmo museu, referiu que é improvável que a aranha tenha morto o roedor e que ficaria surpresa se a "huntsman" tivesse atacado a presa, pois, mesmo que o fizesse, o veneno não deveria ser suficiente para a matar.


A investigadora afirmou ainda que, suspeita que o animal já estivesse morto há algum tempo, porque a cauda parece rígida. Mas, embora a causa da morte do rato permaneça desconhecida, não se pode questionar o tamanho e a resistência da aranha, disse Helen.