terça-feira, 25 de outubro de 2016

Pesquisadores descobrem monstrozinho com mais de 400 patas


A parte dianteira do corpo de um Illacme tobini (esquerda) e um Illacme plenipes (direita) vista com uma aproximação de 300 (esquerda) e 200 (direita) µm

Ele tem 414 patas, quatro pénis e 65,5 milhões de anos, além de 200 órgãos internos tóxicos.

É uma espécie de milípedes do género Illacme, Illacme tobini, recentemente encontrada na Califórnia por uma equipe de pesquisadores dos EUA. Eles são os recordistas no número de patas, a maior cifra sendo 750. 

Este resultado pertence a um Illacme plenipes que foi achado na década de 1930. 

Os detalhes da descoberta foram publicados na revista científica Zoo Keys. Segundo a matéria, Illacme pertence à família dos Siphonorhinidae, comum na Califórnia, Wallacea, Sundalândia, Himalaias, Indo-Birmânia e no sul da África. A espécie teria presenciado a quebra do antigo supercontinente, Pangeia, que aconteceu há mais de 200 milhões de anos. Minúsculo — menos de um centímetro — e com 414 patas para andar, o esquisito animalzinho tem quatro pénis e um órgão na região da boca cuja função ainda é desconhecida.


fonte: Sputnik News