sábado, 2 de julho de 2016

Há uma lâmpada acesa há 115 anos. E pode ser vista pela Internet


O site vigia a lâmpada, de 30 em 30 segundos

Quando esta lâmpada foi acesa pela primeira vez, na Califórnia, as mulheres ainda não votavam e Ford ainda não tinha inventado o modelo T. Funciona há 115 anos e é possível vê-la 24 horas por dia, via Internet.

Pode ser um passatempo aborrecido e sem interesse: ligar o computador, ir ao site BulbCam e acompanhar a vida de uma lâmpada.

Mas esta não é uma lâmpada qualquer. É a mais antiga do mundo, ligada em 1901 no quartel de bombeiros de uma pequena cidade californiana, Livermore. E agora é possível vê-la em direto em BulbCam.

Trata-se de uma regular, mas pequena, lâmpada em forma de pera. Foi construída por um dos pioneiros da eletricidade, Adolphe Chaillet, criador de lâmpadas muito resistentes. Uma delas foi doada ao quartel de bombeiros.

Em 1971, um dos bombeiros quis saber mais sobre o objeto, pediu ajuda a uma repórter para perceber a história. E concluiu que estava há anos.

Quando o quartel mudou de sítio, a lâmpada também.

O mistério em seu torno cresceu, e pessoas começaram a aparecer para ver a lâmpada pendurada quase no teto.

Chegou a pensar que era necessário parti-la para saber por que razão vive há anos anos.

Há uns anos pensou-se que havia uma falha de energia e que por isso o lâmpada quase apagou.

Hoje é gerida por monitores e elementos dos Bombeiros de Livermore.