quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Dinossauros também passaram pela Escócia


Comiam plantas. Pesavam toneladas. Tinham caudas e pescoços compridos. São antepassados dos brontossauros e deixaram centenas de pegadas numa ilha escocesa. Têm 170 milhões de anos.

A descoberta feita na ilha escocesa de Skye por um grupo de cientistas da Universidade de Edimburgo é mais uma prova de que os dinossauros também passaram pelo Reino Unido. Até agora apenas se tinham encontrado dentes e fragmentos de ossos.

Estes animais tinham pelo menos 15 metros de altura e pesavam mais de 10 toneladas. A maior das pegadas tem 60 centímetros de largura. Mas as pegadas têm um alongado espaço temporal. Pelo litoral da ilha escocesa, naquele tempo com temperaturas mais altas, passaram gerações de saurópedes, a família a que pertencem estes herbívoros.António Pinto Rodrigues falou com o paleontólogo Octávio Mateus, do Museu da Lourinhã, que fez a revisão científica deste trabalho agora publicado no Scottish Journal of Geology

"Há tantas pegadas que se cruzam entre si que parece uma discoteca de dinossauros preservada na pedra", disse o paleontólogo Steve Brusatte, líder da equipa de cientistas da Universidade escocesa de Edimburgo.

"Esta é apenas a ponta do icebergue, eu tenho certeza que o local irá continuar mostrando incríveis locais e espécies", Tom Challands, coautor do trabalho, ao jornal britânico The Guardian.

fonte: TSF