sábado, 19 de dezembro de 2015

Descoberta de galeão naufragado na Colômbia inicia várias polémicas


É o maior tesouro descoberto nas ultimas décadas, mas é também um cemitério de guerra: cerca de 600 pessoas terão morrido quando o San José naufragou há mais 300 anos.

As reivindicações da Colômbia, em cujas águas territoriais o San José foi encontrado no final de novembro, parecem esbarrar nas pretensões de entidades, como uma empresa norte-americana que reclama a descoberta, ou de outros países, como a Espanha.

Afinal, trata-se de um galeão espanhol, carregado de ouro, prata e pedras preciosas, das minas do Peru e que viajava em direção a Espanha, atingido por um barco inglês em 1708.


Mas há outros fatores a ter em conta: no momento em que naufragou o San José teria cerca de 600 homens a bordo, de acordo com Justin Leidwanger, arqueólogo da Stanford University, o que transforma os restos do galeão num cemitério de guerra.

"Isto torna a questão mais sensível porque não é suposto mexermos em cemitérios de guerra", diz Leidwanger, para quem é impossível recuperar o tesouro sem estragar o cemitério.

fonte: TSF

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...