sábado, 25 de fevereiro de 2017

Construção de McDonald's próximo a Roma revela parte da Via Ápia











A construção de um restaurante da rede americana de fast-food McDonald's próximo a Roma permitiu descobrir uma ramificação da via Ápia de mais de dois mil anos de antiguidade. 

Nos restos romanos exibidos sob o restaurante em Frattocchie (município de Marino, ao sul de Roma) é possível apreciar, além disso, as réplicas de três esqueletos femininos achados junto à via, explicou nesta quarta-feira à Agência Efe uma porta-voz da rede americana. 

A rua, revestida por lajes de pedra silica surpreendentemente bem conservadas, tem 45 metros de comprimento e mais de dois de largura, e foi descoberta no final de 2014, quando a conhecida rede de fast-food preparava a construção de um de seus restaurantes. 

O achado arqueológico está sob a estrutura do restaurante e pode ser visitado sem necessidade de ser cliente do mesmo. 

O McDonald's entrou em contacto com a Superintendência de Arquelogia do Ministério de Bens e Atividades Culturais italiano, e, após a contribuição de 300 mil euros e quase três anos de trabalhos, o "restaurante-museu" foi inaugurado sobre a considerada ramificação da milenar via Ápia, que conta com 2,3 mil anos de história. 

"Isto é o testemunho de que modernidade e cultura antiga podem conviver", declarou em comunicado o responsável do McDonald's Itália, Mario Federico. 

Além da estrutura arqueológica, os visitantes podem observar o molde dos três esqueletos que foram achados junto à via, e que segundo a explicação de Alfonsina Russo, superintendente de Arqueologia de Roma, foram sepultados quando a rua já não era utilizada, ao redor do século II d . C.

A entrada na área arqueológica é gratuita e independente do acesso ao restaurante. A zona conta com cartazes explicativos, em italiano e em inglês, e com uma versão e um itinerário para crianças. 

Mas também desde o interior do restaurante é possível observar um pedaço da história de Roma, já que o mesmo foi construído com um solo de vidro que deixa à vista a milenar rua e o molde dos esqueletos, oferecendo um espetáculo pouco comum, mas de um valor didático significativo.

A rua está localizada na antiga cidade de Bovillae, que era a primeira encontrada saindo de Roma pela via Ápia, e pôde ser conservada em bom estado porque foi deixada de utilizar e foi recoberta de terreno e vegetação. 

fonte: Terra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...