sexta-feira, 4 de abril de 2014

Equipa internacional de cientistas descobre "idade" da Lua


Fotografia © Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

Uma investigação de uma equipa internacional, hoje divulgada, concluiu que a Lua foi formada 95 milhões de anos depois do nascimento do Sistema solar, na sequência de uma colisão que também originou a atual estrutura da Terra.

Segundo investigações anteriores, a formação do Sistema solar terá acontecido há 4,56 mil milhões de anos, o que dá à Lua uma idade de 4,47 mil milhões de anos.

A investigação hoje divulgada pela revista científica britânica especializada 'Nature', foi elaborada por uma equipa de planetologistas franceses, alemães e norte-americanos, sob a liderança de especialistas do Observatório da Côte d'Azur, localizado em Nice, sul de França.

Os peritos utilizaram um novo método para tentar determinar a idade da Lua, que teve como base simulações numéricas e a composição química do manto da Terra.

Os cientistas descobriram "uma relação entre o momento em que ocorreu a colisão que formou a Lua e a quantidade de matéria que a Terra adquiriu após essa colisão gigante", disse o Observatório, num comunicado.

Esta relação é "um verdadeiro relógio para datar o evento que levou à formação da Lua", acrescentou a instituição.

O novo "relógio" estabelece que a Lua foi formada 95 milhões de anos depois do início do Sistema solar, excluindo a hipótese de uma formação precoce.

Esta investigação confirma igualmente que a Terra é "o planeta que levou mais tempo a formar-se no nosso Sistema solar", com a estrutura núcleo-manto-crosta, sublinhou Alessandro Morbidelli, um dos líderes da equipa de cientistas, em declarações à agência francesa AFP.