sábado, 26 de abril de 2014

Lua de Sangue reflete feixe de luz verde

Lua de Sangue reflete feixe de luz verde

Fotografia © NASA

Numa imagem difundida pela NASA é possível ver-se a Lua de Sangue a refletir um feixe de luz verde.

Apesar de poder parecer uma cena retirada de um filme de ficção científica, a imagem recentemente difundida pela NASA não tem efeitos especiais. Tanto o raio de luz verde como a lua vermelha são reais e foram captados durante a madrugada de 15 de Abril.

A imagem da lua vermelha, apelidada de Lua de Sangue, foi captada na semana passada durante o eclipse total da lua. Assim, por se encontrar na sombra, a lua eclipsada reflete a luz avermelhada de todos os entardeceres e amanheceres da Terra.

O feixe de luz verde é um laser proveniente de um telescópio de 3,5 metros do Observatório Apache Point no Sul do Novo México, nos Estados Unidos, que é utilizado no projeto espacial Apollopara medir a distância da Terra à Lua com precisão milimétrica. O objetivo do laser é atingir o retrorefletor instalado na lua pelos astronautas em 1971. O feixe verde revela-se quando a atmosfera da Terra espalha parte da luz intensa do laser.

Determinando o tempo que leva o laser a ser refletido para a Terra, é possível calcular a distância entre a Terra e a Lua com extrema precisão, bem como testar a teoria da gravidade de Einstein.

A experiência com o laser durante um eclipse total utiliza a Terra como um interruptor de luz cósmica. O refletor lunar tem um maior desempenhado quando a luz solar é bloqueada do que quando a lua está iluminada pelo Sol durante a lua cheia normal, possibilitando imagens como a difundida pela NASA.