sábado, 12 de janeiro de 2019

O mundo vai acabar em dezembro de 2019. É esta a nova previsão de David Montaigne


O autor já previu o final do mundo quatro vezes

E se o mundo acabasse em dezembro de 2019? É esta a teoria do autor de livro de profecias David Montaigne, que acredita que 2019 será mesmo o último ano da humanidade.

No livro “Tempos finais para 2019: o fim do calendário Maia e a contagem regressiva para o Dia do Julgamento”, o autor, que já previu o final do mundo quatro vezes, alega que no dia 28 de dezembro, devido ao calendário Maia e a um alinhamento diferente das estrelas, tudo irá acabar.

Contudo, o fenómeno vai começar uma semana antes.

“A 21 de dezembro de 2019, as pessoas vão assistir ao primeiro dia do deslocamento dos polos. A superfície do planeta vai deslocar-se para fora da sua posição e vai mover-se sobre as camadas mais fluídas da crosta”, refere.

“Nos dias seguintes, a deslocação irá causar terramotos e maremotos, bem como erupções vulcânicas que vão destruir completamente o que restou da civilização”, acrescenta o autor.

Para David Montaigne, os dias da humanidade na Terra estão por um fio.

“Existem várias evidências em registos históricos, geológicos e biológicos que mostram que as mudanças dos polos já aconteceram antes. Até a Bíblia os descreve repetidamente. Acho que a mudança de polos na semana seguinte a 21 de dezembro vai piorar a cada dia que passa até que os desastres naturais culminem a 28 de dezembro – o Dia do Juízo Final”, argumenta.

fonte: Sol