sábado, 20 de janeiro de 2018

Descoberto dinossauro do tamanho de um peru que vivia no super-continente Gondwana


Paleontólogos australianos descobriram uma nova espécie de dinossauro na Austrália. Com o tamanho de um peru, este velho herbívoro era um excelente corredor e é a prova da diversidade de dinossauros que habitava o antigo vale que existia entre a Austrália e a Antárctica. 

Baptizado Diluvicursor pickeringi, em homenagem ao paleontólogo australiano já falecido David Pickering, os fósseis de ossos da cauda e de um pé deste dinossauro foram descobertos em rochas com 113 milhões de anos, numa plataforma marítima perto de Cape Otway, em Victoria. 

O esqueleto foi encontrado em 2005, mas só agora, após uma demorada investigação, realizada por investigadores da Escola de Ciências Biológicas da Universidade de Queensland (UQ), na Austrália, a descoberta foi apresentada, num artigo publicado no jornal PeerJ. 

Os autores do estudo conseguiram reconstruir os músculos da cauda do dinossauro e vaticinam que o pequeno animal tinha poderosos músculos retráteis nas pernas “e eraprovavelmente um bom corredor“, revela a UQ num comunicado sobre a pesquisa. 

“O Diluvicursor demonstra, pela primeira vez, que havia pelo menos dois tipos de corpos distintos entre ornitópodes intimamente relacionados – pequenos dinossauros de duas pernas – nesta parte da Austrália”, explica Matt Herne, um dos investigadores envolvidos na pesquisa. 

Ornitópode vem da palavra grega que significa “pássaro de pés”, sendo os exemplares mais conhecidos desta classe os iguanodontes e os hadrossauros bico de pato. 

Matt Herne nota que o tipo conhecido por Leaellynasaura “foi levemente construído com uma extraordinária cauda longa, enquanto o outro – o Diluvicursor – foi construído de forma mais sólida, com uma cauda muito mais curta”. 

O investigador lembra ainda que “muito do material de vertebrados fósseis deste local está ainda para ser descrito”, pelo que a expectativa passa por “descobrir mais espécies de dinossauros no futuro, espécimenes e outros animais excitantes”. 

O Diluvicursor pode, assim, ser apenas a ponta do véu da diversidade de dinossauros que vivia no antigo vale que existia entre a Austrália e a Antárctica, antes da fragmentação do super-continente Gonduana.

fonte: ZAP aeiou