segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Esqueletos "gigantes" com 5 mil anos encontrados na China


Descoberta surpreendente na China

Um grupo de arqueólogos, no este da China, encontrou esqueletos, com mais de cinco mil anos, de pessoas com altura e força anormais para a época.

De acordo com as medidas dos ossos encontrados nos túmulos, na província de Shandong, na China, as pessoas mediriam cerca de 1,8 metros de altura, com um dos homens a ultrapassar mesmo os 1,9 metros, adianta a agencia noticiosa Xinhua.

Apesar de se tratar de tamanhos normais para a atualidade, os investigadores acreditam que estas medidas eram extremamente elevadas para os padrões da altura daquela época. "Isto tem como base a estrutura óssea. Se fosse uma pessoa viva, a altura seria superior aos 1,9 metros", disse Fang Hui, do departamento de História da Universidade de Shandong.

Os habitantes locais de Shandong encaram a altura como uma das suas principais características. Um estudo levado a cabo, em 2015, concluiu que a média de alturas de 18 homens era de 1,753 metros, superior à média nacional, de 1,72 metros.

O local de escavações, na vila de Jiaojia, perto da cidade de Jina, tem mais do que 104 casas, 205 túmulos e 20 locais de sacrifícios. Um vasto conjunto de potes coloridos e artigos de jade também foram recuperados.

As pessoas que viviam naquela região, há cinco mil anos, tinham condições de vida confortáveis quando comparado com outras populações. O "China Daily" escreve que os investigadores acreditam que as casas tinham vários compartimentos, com quatros e cozinhas. A área terá sito um importante centro político, cultural e económico para aquela região chinesa.