sábado, 11 de março de 2017

Objetos mudam de lugar, fogo surge do nada, família vive drama em Ronda Alta










De maneira inexplicável coisas mudam de lugar, objetos pegam fogo e família rondaltense vive drama há vários dias. 

A pedido de uma vizinha a reportagem da Rádio Navegantes foi chamada para registar o fenómeno, aos prantos a avó os recebeu pela manhã, quatro pessoas da mesma família vivem uma verdadeira história de terror, desde quando ainda moravam linha Santo António Ronda Alta, interior do município.

A família começou a ter problemas com barulhos inexplicáveis, pedras caindo em cima da casa, barulhos estranhos na residência, fortes estalos no imóvel que os perturbavam, fatos que começaram a se agravar. 

Um certo dia, a mãe, uma senhora viúva, veio com seu filho para a cidade para receber a aposentadoria, chegando em casa colocou o dinheiro em cima de um móvel e foi fazer serviço dentro mesmo da residência, ouviu um cheiro de queimado e foi verificar, notou que o dinheiro havia pegado fogo, fato que na ocasião os intrigou e os deixou abalados.

Depois de um tempo a família veio morar na cidade. Poucos dias atrás o carro em que mãe e filho viajam do interior pegou fogo de forma inesperada no meio do caminho, sem explicação, na ocasião, a reportagem da rádio registou o ocorrido. 

Agora, nas últimas semanas, inexplicavelmente o fenómeno se agravou ainda mais, sempre com maior intensidade nos finais de semana. Além de várias coisas inesperadamente pegarem fogo dentro de casa, onde encontramos todos os colchões queimados, o adolescente da família tem sido atacado com palavras escritas no espelho, ameaças de morte, manchas de batom escrito na parede, manchas de sangue sem ninguém ter se ferido, nas roupas de cama e no lençol.

Frutas que foram compradas no supermercado ou doados por alguém estavam em sacos plásticos que começou queimar, uma bolsa de adubo orgânico que estava no porão da casa começou a queimar e o fogo foi apagado em tempo.

Pastores já tiveram no local fazendo orações, assim como o padre Célio Zamarqui, mas o fenómeno continua. Na manhã da segunda-feira, a Policia Civil de Ronda Alta esteve no local, e isolou a área até a chegada da perícia técnica.

A casa possui seguro, mas a família insiste em permanecer no local, pois existe a proximidade com vizinhos e o temor é por um possível foco de fogo.

Na tarde da segunda-feira, 06, a família, que está abalada, prestaria depoimento na delegacia. Os nomes não foram revelados para preservar a privacidade dos envolvidos.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...